1024px-IceBlockNearJoekullsarlon

Na maioria das vezes, uma substância quando no estado sólido é mais densa que a sua versão no estado líquido.

Como resultado disso, o sólido afunda se colocado em contato com o seu líquido.

No caso da água, a história é diferente.

Nesse vídeo do TED-Ed, você vai aprender o porquê desse comportamento estranho da água.

Não esqueça de ativar as legendas em português.

Quer entender melhor? Eu conto mais na sequência do post, é só clicar.

O hidrogênio, presente na molécula de água, realiza um tipo de ligação química (fraca) com os elementos flúor, oxigênio e nitrogênio.

Como a própria água possui oxigênio, os dois átomos de hidrogênio de uma molécula realizam ligações de hidrogênio com átomos de oxigênio de outras moléculas de água.

Assim, à medida que a água líquida vai sendo resfriada (perdendo energia cinética e, portanto, ficando mais “parada”), essas ligações de hidrogênio aumentam cada vez mais em número e permitem que as moléculas de água formem estruturas extremamente ordenadas.

Essas estruturas ordenadas possuem grandes espaços vazios, fazendo com que a densidade da água sólida seja muito menor que a densidade da água líquida.

Liquid-water-and-ice

 

Um sólido pouco denso sempre flutuará em um líquido denso. E aí está a beleza da coisa, pois na maioria das substâncias o estado sólido é sempre mais denso que o estado líquido.

Se você quiser saber mais sobre o gelo, eu escrevi um post já há um bom tempo sobre esse tema. CLIQUE AQUI PARA LER.

Créditos da imagem de abertura da postagem:

IceBlockNearJoekullsarlon” by Andreas TilleOwn work. Licensed under CC BY-SA 3.0 via Wikimedia Commons.

Anúncios