Diário de um Químico Digital 3.0

Química, TICs e outras treconologias. :)

Mais uma piada do Science Cat — 30/11/2011

Mais uma piada do Science Cat

800849_460s

Tradução:

-Eu contei uma piada Química.

-Não houve reação.

Não preciso explicar a piada. né? Ela já é ruinzinha o bastante sem explicação.

FONTE

Anúncios
Conheça o Science Cat — 28/11/2011

Conheça o Science Cat

O Science Cat é um dos muitos “memes” que assolam a internet.

Ele se baseia em uma imagem de um gatinho branco usando uma gravata-borboleta vermelha.

Ele tem vários equipamentos de laboratório à sua frente, como se fosse um cientista.

Ao fundo, um quadro-negro está recheado de fórmulas e receitas químicas.

Geralmente, o Science Cat é o “autor” de uma “piada”.

Piada no sentido de que ele faz um belo trocadilho (em inglês) sobre um fato científico bem conhecido por quem é da área.

Normalmente ela não é compreendida pelo público leigo, o que torna a piadinha ainda mais “interessante”.

Como as “piadas” são em inglês e envolvem trocadilhos (pun), muitas vezes elas são difíceis de traduzir para nossa língua portuguesa.

Hoje, após muito ler piadinhas do Science Cat, resolvi postar uma.

Eu já ensaiei isso diversas vezes, então vou parar de enrolar.

777080_460s_v1

Tradução:

-Um átomo diz para outro:

-Eu perdi meu elétron.

-Você está certo disso?

-Sim eu estou positivo!

Sacaram?

Positivo!

rárárárá!

 

Tá, é sem graça mesmo! Mas só porque isso exige um mínimo de conhecimentos químicos/físicos e a galera não costuma gostar muito de Química ou de Física.

Garfield2

Olha, existem outras piadinhas do Science Cat que eu tenho armazenadas aqui no meu computador, assim que der vou postando no blog e traduzindo para vocês.

P.S.:Sempre que um átomo recebe uma determinada quantidade de energia (chamada de potencial de ionização) ele perde um ou mais elétrons e fica positivo porque um dos seus prótons não está mais com a carga blindada.

FONTE

Como postar um e-book no issuu? —

Como postar um e-book no issuu?

Em um post anterior, eu ensinei como criar um ebook simples usando o http://issuu.com, um belo serviço gratuito existente na Web 2.0.

Hoje, eu vou postar outro tutorial de como postar esse livro eletrônico ou qualquer outro que vocês encontrarem no issuu em seu blog do posterous ou do blogspot.

Siga a leitura no e-book abaixo:

 

Hoje é dia de “party hard” — 25/11/2011

Hoje é dia de “party hard”

Legenda: Festa dos Químicos / sua energia de ativação é muito baixa para participar.

se beber não publique

Vi no facebook do Luis Brudna, que postou no seu ótimo blog Humor na Ciência.

(P.S.:Eu me recuso a chamar “party hard” de “festa duro” como é comum nas internerds.)

(P.S.2:Eu copiei o conteúdo do blog do Luis na cara dura.)

Censo da educação superior 2010 – INEP — 23/11/2011
Material metálico ultraleve é desenvolvido nos EUA — 21/11/2011

Material metálico ultraleve é desenvolvido nos EUA

Um grupo de cientistas norte-americanos desenvolveu um novo material metálico cem vezes mais leve do que esferovite e que pode ser colocado em cima de um dente-de-leão sem o danificar.

Cientistas inventam o material metálico mais leve do Mundo

De acordo com um estudo publicado na revista “Science”, o novo material é constituído em 99,99% por ar graças à sua arquitectura celular. Os investigadores da empresa UC Irvine, HRL Laboratories e da Universidade da Califórnia salientam que se trata do mais leve material existente na Terra e que até agora o seu estudo não sofreu qualquer contestação.

“O truque é fabricar uma rede de tubos ocos interligados com uma parede de espessura mil vezes inferior à de um cabelo humano”, explicou Tobias Sandler, que lidera a investigação.

O novo material, que recebeu o nome de “microrede metálica ultraleve”, é fabricado com 90% de níquel mas, de acordo com os autores, pode ser feito com outra composição já que o níquel foi escolhido apenas pela sua facilidade de manuseamento.

FONTE

 

TICs na educação brasileira —

TICs na educação brasileira

Matéria encontrada no site da UNESCO.

Reprodução na íntegra do texto original.

 

O Brasil precisa melhorar a competência dos professores em utilizar as tecnologias de comunicação e informação na educação. A forma como o sistema educacional incorpora as TICs afeta diretamente a diminuição da exclusão digital existente no país.

Vários pontos devem ser levados em conta quando se procura responder a questões como: Como as TICs podem ser utilizadas para acelerar o desenvolvimento em direção à meta de “educação para todos e ao longo da vida”? Como elas podem propiciar melhor equilíbrio entre ampla cobertura e excelência na educação? Como ela podem contribuir para reconciliar universalidade e especificidade local do conhecimento? Como pode a educação preparar os indivíduos e a sociedade de forma a que eles dominem as tecnologias que permeiam crescentemente todos os setores da vida e possam tirar proveito delas?

  • Primeiro, as TICs são apenas uma parte de um contínuo desenvolvimento de tecnologias, a começar pelo giz e os livros, todos podendo apoiar e enriquecer a aprendizagem.
  • Segundo, as TICs, como qualquer ferramenta, devem ser usadas e adaptadas para servir a fins educacionais.
  • Terceiro, várias questões éticas e legais, como as vinculadas à propriedade do conhecimento, ao crescente tratamento da educação como uma mercadoria, à globalização da educação face à diversidade cultural, interferem no amplo uso das TICs na educação.

Na busca de soluções a essas questões, a UNESCO coopera com o governo brasileiro na promoção de ações de disseminação de TICs nas escolas com o objetivo de melhorar a qualidade do processo ensino-aprendizagem, entendendo que o letramento digital é uma decorrência natural da utilização frequente dessas tecnologias. O Ministério da Educação tem a meta de universalizar os laboratórios de informática em todas as escolas públicas até 2010, incluindo as rurais. A UNESCO também coopera com o Programa TV Escola, para explorar a convergência das mídias digitais na ampliação da interatividade dos conteúdos televisivos utilizados no ensino presencial e a distância.

A UNESCO no Brasil conta com a permanente parceria das Cátedras UNESCO em Educação a Distância em várias universidades brasileiras, que utilizam as TICs para promover a democratização do acesso ao conhecimento no país.
Em 4 de agosto de 2009, a UNESCO no Brasil e seus parceiros lançaram no país o projeto internacional “Padrões de Competência em TICs para Professores”, por meio das versões em português das brochuras sobre a proposta do projeto. O projeto tem o objetivo de fornecer diretrizes sobre como melhorar as capacidades dos professores nas práticas de ensino por meio de TICs. Autoridades, especialistas e tomadores de decisão analisam a viabilidade da implementação das diretrizes deste projeto adaptadas à realidade brasileira.  

Mais tarde postarei material adicional encontrado no site da UNESCO.

 

 

Como criar um e-book simples? —

Como criar um e-book simples?

Continuando a série iniciada na semana passada, vou ensinar hoje como criar um e-book do tipo “flip page” simples usando o site http://issuu.com.

Você pode consultar um blog experimental onde postei originalmente esse material e outros similiares clicando aqui.

O meu e-book sobre como criar e-books (inception?) está logo abaixo, divirtam-se.

 

Como sintetizar uma banana — 18/11/2011
Tutorial do bubbl.us – Como criar mapas conceituais na nuvem — 17/11/2011
%d blogueiros gostam disto: