Diário de um Químico Digital 3.0

Química, TICs e outras treconologias. :)

A ligação química do escudo do Capitão América é finalmente explicada pela ciência (não, espera aí…) — 31/01/2015

A ligação química do escudo do Capitão América é finalmente explicada pela ciência (não, espera aí…)

Por: Márcio Martins

Escudo-do-Capitão-AméricaPeraí, você tá vendo a imagem acima e pensou que entrou no blog errado?

Isso aqui não é um blog de Química, Ciências e o escambau? O que que tem a ver um personagem de ficção com a temática desse blog?

Ora, muita coisa. Eu quero falar sobre o novo tipo de ligação química recentemente confirmada (e não descoberta, porque ela já foi prevista há uns 30 anos atrás).

E esse novo tipo de ligação química tem uma grande relação com a explicação dada para as propriedades fantásticas do escudo do Capitão América.

Quer saber mais? Então, clique no link e continue lendo essa postagem:

Continue lendo

Anúncios
O aquecimento global e o aumento na liberação de metano na atmosfera — 27/01/2015

O aquecimento global e o aumento na liberação de metano na atmosfera


metano 2

Queridos leitores, essa semana vamos discutir um assunto que está em voga mas que recebe pouca atenção dos nossos governantes (e eu estou falando em nível global).

É o tal do aquecimento global. E o que isso tem a ver conosco?

Quer saber mais? Então, clique no link e continue lendo…

Continue lendo

É possível soltar fogos de artifício debaixo da água? — 16/01/2015
Ah, a Florença dos Médici… e a Ciência! — 12/01/2015

Ah, a Florença dos Médici… e a Ciência!

por Andy Dufloth

Ahh, Florença, Toscana, Itália…

Florencia60
Vista de Florença

Paisagens, vinhos, queijos, vinhos, sol, vinhos, arquitetura, vinhos, arte, vinhos, livros do Dan Brown, vinhos, literatura, vinhos, pintura, vinhos, escultura, vinhos, ciência, vinhos, culinária, vinhos…

Eu já falei dos vinh… Espera, Ciência???

Sim, Ciência, e MUITA Ciência… E muitos dos professores de História tem esquecido de dar a merecida ênfase a isso. Apesar de mencionarem, e muito, a cidade, e principalmente a famosíssima Famiglia Médici [1, 2]. Bom, é hora de sanar isso. Porque Florença (Ahh, Florença…) nunca esqueceu de suas raízes, e tem feito um ótimo trabalho em preservar e mostrar a Ciência (a sua e dos demais!) para as novas gerações.

Mas, antes de conhecermos a árvore de hoje, temos que conhecer a semente!

obs.: Este artigo versará mais sobre a história da própria Florença e os Médici, e como ambas se relacionam com os cientistas e museus da cidade, do que sobre os próprios museus e personalidades da Ciência. Os próprios museus, suas exibições, e os próprios cientistas e seus feitos são temas de artigos futuros: logo, este é um artigo introdutório e de apresentação!

Continue lendo

%d blogueiros gostam disto: