Diário de um Químico Digital 3.0

Química, TICs e outras treconologias. :)

Educação Digital @Intel — 29/09/2010

Educação Digital @Intel

Quer ficar bem informado sobre o que as grandes empresas e as ONGs estão fazendo pela inclusão de jovens e adultos no mundo digital?

E que tal se essas informações forem dadas por uma das maiores empresas de tecnologia do mundo?

E que tal se essa empresa for a INTEL?

Download

É o que podemos encontrar no blog EducaçãoDigital@Intel, um blog com poucas atualizações mensais mas de qualidade.
Intel, USAID e UNESCO estabelecem parceria para incluir 10 mil jovens brasileiros no mundo digital — 27/09/2010

Intel, USAID e UNESCO estabelecem parceria para incluir 10 mil jovens brasileiros no mundo digital

Materiais e metodologia do Programa Intel Aprender chegarão a áreas em situação de risco por meio de centros de inclusão social mantidas pela UNESCO.

A Fundação Intel realizou uma parceria com a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) para implementação da metodologia do Programa Intel Aprender em cerca de 180 centros comunitários de educação do país. Por meio dos cursos “Tecnologia e Comunidade” e “Tecnologia no Trabalho”, a iniciativa capacitará mais de 10 mil crianças e jovens no uso da tecnologia da informação.

A Fundação Intel, a USAID e a UNESCO oferecerão cursos de informática a jovens que freqüentam o programa “Atendimento Integral ao Educando e à Comunidade na Perspectiva de uma Cultura de Paz no Distrito Federal”, parceria entre a UNESCO e a Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal, e a crianças atendidas pelos quatro Espaços Criança Esperança, mantidos pela campanha Criança Esperança, um projeto da REDE GLOBO em parceira com a UNESCO, em comunidades das cidades de São Paulo-SP, Rio de Janeiro-RJ, Belo Horizonte-BH e Olinda-PE. Com esta iniciativa, a Intel prevê que jovens inseridos em comunidades de risco possam se dedicar a atividades extracurriculares nas escolas e nos centros comunitários.

“O acesso à tecnologia é fundamental para a redução da desigualdade social, colabora para a formação de jovens e contribui para o aumento da competitividade do país, pois permite uma rápida evolução de idéias e habilidades necessárias para enfrentar os desafios do século XXI”, disse Fabio Tagnin, gerente de Educação da Intel Brasil. “Acreditamos que projetos de sucesso estimularão a participação de entidades não-governamentais, representantes do setor público e da iniciativa privada em atividades que incentivem a educação, com a elaboração de políticas efetivas de inclusão social”, completa o executivo da Intel.

“Para a USAID as parcerias público-privadas são o melhor e o mais eficiente mecanismo para promover desenvolvimento. É com base nesse pensamento que acreditamos que esta iniciativa tem um grande potencial para expandir oportunidades econômicas e promover inclusão social e melhorar a qualidade de vida de milhares de jovens”, disse Alex Araújo, Assessor de Desenvolvimento Sócio-Econômico da USAID Brasil.

“A UNESCO encoraja os esforços do setor privado na promoção de iniciativas de responsabilidade social e participa em diversos projetos de parceria em prol da inclusão social de jovens em situação de risco, como é o caso desta parceria com a Intel e a USAID. Tais iniciativas têm grande importância para a construção de uma sociedade mais cidadã, por meio da promoção do protagonismo juvenil e da preparação para o mercado de trabalho”, disse Marlova Noleto, coordenadora de Ciências Humanas e Sociais da UNESCO no Brasil.

Os jovens poderão se matricular em dois cursos que compõe o programa Intel Aprender, ambos formatados na estrutura de projetos, nos laboratórios de informática dos Espaços Criança Esperança e nas escolas da rede pública do Distrito Federal. O curso “Tecnologia e Comunidade” dará a grupos de estudantes a chance de elaborarem seus trabalhos, desde a definição do tema e identificação do problema, comunicação para a sociedade e proposta de solução.

Já o curso “Tecnologia no Trabalho” é focado para jovens que já estão se preparando para ocupar um posto no mercado de trabalho, usando a tecnologia como base para construir conhecimento sobre profissões e oportunidades de carreira. O Programa Intel Aprender será o responsável pelo fornecimento dos materiais e da metodologia de aprendizagem para ambos os cursos. A capacitação dos professores e monitores dos centros de inclusão e escolas será realizada pela Fundação Bradesco, parceira da Intel em diversos programas educacionais. E caberá à UNESCO o planejamento, execução, supervisão e avaliação do Programa. Mais informações sobre o programa Intel Aprender podem ser acessadas pelo site do programa.

A natureza da Ligação Química – Linus Pauling — 24/09/2010

A natureza da Ligação Química – Linus Pauling

Pauling

Para quem, como eu, tem interesse em história da Química e nos desenvolvimentos das teorias que hoje usamos corriqueiramente em nossas aulas, o site que eu vou indicar é uma excelente pedida.

Quem é fã de Linus Pauling ou então que não o conhece direito e acha que ele só inventou uma teoria sobre ligações químicas pode aproveitar para se informar mais a respeito de todo o trabalho dele no site da Oregon State University através desse link.

O site conta com mais de 2500 páginas de documentos e artigos escritos por Pauling ou por seus colaboradores.

Além disso, conta com mais de quatro horas de áudio e vídeo de conferências e aulas ministradas pelo próprio.

Vale uma boa e demorada visita.

P.S.:Aproveite para afiar o seu inglês, o site está no idioma de Shakespeare. 🙂
Quais baterias e pilhas são menos agressivas ao meio ambiente? — 21/09/2010
Food Chemistry —
Economize tinta da impressora — 13/09/2010
Poupe energia, amarre seus cadarços em menor tempo, salve o planeta — 10/09/2010

Poupe energia, amarre seus cadarços em menor tempo, salve o planeta

Em épocas de crise energética mundial, a ordem é poupar energia e tempo.

Que tal aprender a economizar energia ao amarrar seus cadarços em menos tempo?

Com certeza a energia poupada por você poderá ser usada para salvar baleias, invadir navios petroleiros, lutar pela preservação das focas, organizar protestos contra os responsáveis pelo aquecimento global, etc.

Tá, bobagem, essa introdução foi só para eu poder apresentar o vídeo abaixo:

FONTE

Tintas, pigmentos e coberturas industriais —
A música dos elementos de Tom Lehrer na versão Google Instant —

A música dos elementos de Tom Lehrer na versão Google Instant

Google Instant é uma nova ferramenta lançada pela Google e que permite economizar uns bons segundos no processo de pesquisa.

À medida que você vai digitando os termos de busca, o Google Instant vai exibindo os resultados.

A novidade ainda não está disponível para o Brasil, mas deve desembarcar em breve aqui na República das Bananas.

Algum engraçadinho de primeiro mundo resolveu reinterpretar a música dos elementos químicos de Tom Lehrer usando o Google Instant. (Veja outro post sobre essa música aqui.)

O resultado ficou bem legal. Confira na sequência:

Vi a notícia no Meio Bit.  
Fluxball – jogo de pong com plasma — 07/09/2010
%d blogueiros gostam disto: