Primeiro, assistam ao vídeo, depois darei as devidas explicações.

Bom, agora vamos à mágica.

O isopor é, na verdade, o polímero conhecido pelo nome de poli(estireno).

150px-Polystyrene.svg

O poli(estireno) é o mesmo polímero encontrado no corpo das canetas BIC.

220px-Expanded_polystyrene_foam_dunnage602px-Envase_de_yogur800px-4_Bic_Cristal_pens_and_caps

O que o faz ser tão diferente do corpo das canetas? Ora, o estireno é polimerizado em fase gasosa e, justamente por isso, ele expande-se e forma essas lindas bolhas que terminam todas juntinhas e pressionadas umas contra as outras. (de uma forma bem grosseira, é claro)

Ao colocar uma peça de isopor em um solvente como a acetona (propanona, na verdade), os espaços vazios entre as várias bolhas de polímero expandido são desfeitos e o polímero passa ao estado de “solução”. Para o espectador, parece que o isopor está “se desfazendo”, mas é apenas mais um exemplo de dissolução.

Espero que tenham gostado!

Se tiverem mais sugestões de postagem, podem escrever para mim no http://fb.com/digimarcio.

 

Anúncios