Vi a notícia no Canal Fala Química do facebook. (Acessem, vale muito a pena.)

A notícia foi publicada na Nature, então é quente, podem acreditar.

O título do artigo é: Electrically driven directional motion of a four-wheeled molecule on a metal surface (Movimento direcional eletricamente acionado de uma molécula de quatro rodas sobre superfície metálica).
O vídeo abaixo dá uma ideia do que acontece com a pequena notável.

A seguir, uma livre tradução do texto encontrado no site da Nature:

Propelir moléculas simples de forma controlada ao longo de uma superfície não-modificada permanece extremamente desafiador porque isso requer moléculas que possam usar energia luminosa, química ou elétrica para modular sua interação com a superfície de forma a gerar movimento. Os motores protéicos da natureza aprenderam a dominar esta arte convertendo mudanças conformacionais em movimento direcional, e têm inspirado o design de sistemas artificiais tais como moléculas de DNA “caminhantes” e motores moleculares à base de reações redox. Mas, apesar de movimentos controlados de moléculas simples ao longo de superfícies ter sido reportado, as moléculas nestes exemplos atuam como elementos passivos que ou se difundem ao longo de uma direção preferencial com igual probabilidade de ir para frente ou para trás ou são arrastadas pela ponteira de um microscópio de tunelamento eletrônico. 

Esse trabalho apresenta uma molécula com quatro unidades funcionais – motores rotatórios funcionais – que sofrem mudanças conformacionais definidas e contínuas sob excitação sequencial eletrônica e vibracional.

Microscopia de tunelamento eletrônico confirma a ativação das mudanças conformacionais dos rotores através de propulsão por tunelamento de elétrons inelásticos, a qual faz com que a molécula seja propelida unidirecionalmente ao longo de uma superfície de Cobre (isótopo-111).

O sistema pode ser adaptado para seguir uma trajetória linear ou aleatória ou para permanecer estacionário, bastando apenas ajustas a quiralidade das unidades individuais do “motor”. 

O design da molécula providencia um ponto de partida para a exploração de sistemas mecânicos mais sofisticados com movimento direcional controlado. 

 
Anúncios