O Hubble, primeiro telescópio espacial, que revolucionou a astronomia e a compreensão do universo ao transmitir mais de 750.000 imagens espetaculares dos confins do universo, completa neste fim de semana 20 anos de lançamento.

O telescópio foi lançado em 24 de abril de 1990 acoplado ao ônibus espacial americano Discovery, que o colocou em órbita a 600 km de altitude. No entanto, devido a algumas falhas no espelho do telescópio, ele só foi colocado em funcionamento três anos mais tarde.

O telescópio de 12 toneladas e 13,3 metros de comprimento fez 900.000 instantâneas, que permitiram obter 570.000 imagens de mais de 30.000 objetos celestes, alguns deles nos confins do universo.

Graças a ele, os físicos conseguiram confirmar a existência da "matéria escura", que até então era uma hipótese (o cosmos é formado por quase de 5% de matéria visível e 20% de matéria esscura).

Devido à alta resolução das imagens obtidas com o auxílio do Hubble, pequenas proto-galáxias da época em que o universo tinha menos de um bilhão de anos foram assinaladas e a idade do universo pode ser estimada em torno de 13,7 bilhões de anos. 

Ah, e uma grande dúvida da ciência foi respondida: o universo está em expansão, sim. 

"Sem dúvida nenhuma, o Hubble é o instrumento científico mais reconhecido e que deu o maior número de êxitos científicos da historia da humanidade", afirma Ed Weiller, alto funcionário da Nasa.

A missão do ônibus espacial Atlantis permitiu prolongar em pelo menos cinco anos a vida útil do Hubble, à espera do sucessor, o ainda mais telescópio espacial infravermelho "James Webb Space Telescope (JWST)", que tem o objetivo de jogar luz sobre o momento da origem do universo.

O Google, que não é bobo, marcou a data com um logotipo especial na página do seu buscador.

Google comemora aniversário do Hubble

Só nos resta agradecer a esse artefato científico, fruto da engenhosidade humana. Outra hora eu escrevo um pouco mais sobre quem foi a personalidade que emprestou seu nome ao telescópio.

FONTE: Jornal do Brasil Online

Anúncios