Wikipedia

Wikipedia ficou em 11º lugar em 2011 dentre as melhores ferramentas para aprendizagem na votação realizada pelo Centre for Learning & Performance Technologies. Cf. Wikipedia:School and university projects.

A maioria das suas páginas pode ser editada por qualquer usuário mesmo sem logar (ou seja, você também pode contribuir), mas algumas são vigiadas, por diversos motivos, exigindo que você esteja logado ou tenha autorização para editar aquele verbete específico. Existem normas de formatação e edição e um corpo editorial. Hoje a Wikipedia tem quase 100.000 editores regulares, que seguem o Livro de Estilo e acompanham a edição de páginas por editores casuais. Este é inclusive um dos pontos que gera críticas ao projeto – apesar de proclamar o contrário, a Wikipedia seria burocrática, com uma estrutura hierárquica e várias regras e normas.

De qualquer maneira, ela tem vantagens em relação a enciclopédias tradicionais. Como não há praticamente custo para inclusão ou ampliação de verbetes, inclusive porque não há necessidade de impressão, e o ciclo editorial é curto (ou praticamente inexistente), os artigos podem ser alterados com frequência, mantendo-se assim mais atualizados do que em outras enciclopédias, que em geral só são atualizadas em uma nova edição. Isso possibilita também que artigos cobrindo novos eventos e notícias sejam produzidos rapidamente, em dias, horas ou mesmo minutos, o que, além de mantê-la atualizada, garante uma maior amplitude de cobertura.

Mas são exatamente essas vantagens que geram problemas, como de qualidade. Os artigos da Wikipedia estão sendo continuamente editados e aperfeiçoados, e muitos não passam de rascunhos que podem levar um longo tempo de debates até se chegar a um consenso. Qualquer um pode também adicionar informações imprecisas aos artigos e um verbete pode ter sido recentemente vandalizado. Não há, portanto, garantia de um padrão de qualidade, como em outros tipos de publicação, tampouco garantia da qualidade da escrita: muitos artigos estão mal redigidos, com graves erros de ortografia e gramática.

Além de incompletos, os verbetes da Wikipedia pecam também por omissões e/ou falta de exatidão. Não há, aliás, um processo que assegure que os verbetes cubram tópicos importantes. Falta também balanço em muitos artigos: partes importantes de um tópico são cobertas muito rapidamente, ou mesmo ignoradas, enquanto outras, menos importantes, têm parágrafos e parágrafos escritos. O ideal de neutralidade e consenso da Wikipedia talvez seja utópico: os artigos sempre acabam representando a visão ideológica de uma pessoa ou grupo de pessoas, que, aliás, necessariamente não são especialistas no assunto.

Tudo isso traz à tona uma discussão importante: pode-se utilizar a Wikipedia como fonte de informação para pesquisas e trabalhos científicos e acadêmicos? Numa pesquisa no Google, em geral um aluno cairá numa página da Wikipédia, e a preguiça pode levá-lo a parar por ali.

Além de não passar por um processo de revisão de língua, a Wikipedia não está submetida ao sistema de revisão por pares, como é comum em periódicos científicos e mesmo muitos livros, o que diminui sua credibilidade como fonte. Além disso, em muito material da Wikipedia faltam referências, uma das características essenciais do discurso científico. Por isso, o uso da Wikipedia não é aceito em muitas instituições de ensino superior, restrição menos rígida em escolas de ensino fundamental e médio. Mas isso não é regra geral e tende a mudar: nos Mestrados em Educational Technology da Boise State University, por exemplo, é comum que sejam indicadas fontes da Wikipedia para artigos que tratam de temas tecnológicos (ou mesmo educacionais) atuais, ou que (provavelmente) foram editados ou auditados pelos professores. Mas repare bem: esses links são indicados, excepcionalmente, como fontes para dar uma olhadinha – isso não quer dizer que eles devam ser incluídos em referências e citados durante um texto.

Cabe ainda lembrar que mesmo enciclopédias tradicionais são fontes secundárias de informação. Fontes primárias formam a literatura na qual informações são produzidas diretamente por autores sobre determinados assuntos, podendo incluir papers, trabalhos acadêmicos, artigos científicos, livros etc. Fontes secundárias têm função de referência, pois procuram organizar o acesso às informações disponíveis nas fontes primárias. Como exemplos, podemos citar enciclopédias, bibliografias, índices, abstracts e diretórios, dentre outros.

De qualquer maneira, inclusive pelas vantagens já apontadas, a Wikipedia pode funcionar como um bom ponto de partida para a pesquisa sobre determinados assuntos (mas não como o ponto final!). Explorar os links e as referências indicadas em um verbete da Wikipédia pode ser um exercício interessante, assim como checar a página de discussão, que explica o caminho que o artigo seguiu até chegar àquela versão. Mas pela falta de credibilidade, confiabilidade e mesmo estabilidade de seus artigos, não é adequado que suas páginas sejam utilizadas para citações nem indicadas nas referências de trabalhos científicos e acadêmicos, a não ser em alguns casos específicos e excepcionais, que espero em breve discutir por aqui.

Ok, mas mesmo com todos esses problemas, eu decidi citar um verbete da Wikipedia no meu texto: como devo proceder?

A norma da ABNT para elaboração de referências em vigor foi publicada em 2002 (NBR 6.023), enquanto a Wikipedia nasceu em 2001, então não há orientações específicas na norma para elaborar referências a verbetes da Wikipedia. Mas há orientações para elaboração de referências a textos sem autores, a enciclopédias e a documentos online, então é possível tirar de lá o seguinte modelo:

OBSERVAÇÃO: Nada deve aparecer em itálico, apenas o destaque para o título pode utilizar itálico, negrito ou sublinhado. Não deve ser usado espaço entre os sinais < e >.

NOME do verbete. In: Wikipédia: a enciclopédia livre. Disponível em: < Endereço >. Acesso em: data.

Exemplo:

REDE social. In: Wikipédia: a enciclopédia livre. Disponível em: < http://pt.wikipedia.org/wiki/Rede_social >. Acesso em: 22 dez. 2011.

No caso de citações durante o texto, a referência utilizada seria: (REDE social, 2011).

A Wikipedia utiliza o MediaWiki, um software aberto que pode ser baixado e utilizado para a criação de wikis com a mesma cara da Wikipédia. O programa do 7º SENAED – Seminário Nacional ABED de Educação a Distância, por exemplo, foi desenvolvido colaborativamente por vários educadores e palestrantes utilizando o MediaWiki.

A Wikipedia é coordenada pela Wikimedia Foundation, responsável também por vários projetos-irmãos, como:


Wikcionário, dicionário e thesaurus para todas as línguas;

Wikibooks, livros-texto e manuais sobre diversos assuntos, de acesso livre;

Wikimedia Commons: repositório de mídias com licença livre, que podem ser utilizados nos demais projetos;

Wikinews: centra de notícias colaborativas e de conteúdo livre;

Wikiquote, coletânea de citações;

Wikisource, biblioteca de transcrições e traduções de livros em domínio público ou com licenças livres;

Wikispecies, diretório de espécies biológicas;

Wikiversidade, tentativa de criar material educacional de acesso livre.

____________________________________
Prof. Dr. Márcio Martins
Lic. e Bel. em Química

Anúncios