E lá se vai quase um ano que esse esse blog foi criado.

A proposta dele era um pouco diferente no início, eu queria ensinar química usando recursos digitais no meu tempo livre.

Com o passar dos meses, vi que meu tempo livre não era tão grande quanto eu pensava. 

O fato de eu ter me tornado pai tirou ainda mais um pouco desse tempo "livre" que eu pensava ter. No entanto, continuo com o mesmo entusiasmo do início com relação à forma de blogar proporcionada pela plataforma posterous. (Gente, vocês não têm ideia do que é blogar diretamente do e-mail. Eu realmente recomendo o posterous a todos que têm interesse em manter um blog.)

Criei seções aqui para falar de experimentos de química, de físico-química, de educação digital e de tecnologias de informação e comunicação.

Indiquei dezenas de sites e de softwares aos leitores do blog, aprendi diversas coisas novas ao garimpar material para o blog. 

Recebi dezenas de sugestões de posts, pedidos de resolução de problemas de química (esses eu deixei de lado porque eu não estou aqui para resolver provas e listas de exercícios que os preguiçosos deixaram de fazer em tempo hábil).

Recebi elogios, recebi algumas críticas, mas o que é mais importante, eu consegui passar alguma mensagem aos visitantes.

Se não conquistei mais leitores, foi culpa minha. E se eu conquistei leitores, também foi culpa minha. 🙂 Agradeço a todos da mesma maneira.

Ano passado, escrevi um post que foi o maior sucesso, e até hoje ele é lido e acessado.

Nesse post, eu ensinei o pessoal a gelar a cervejinha do Natal e do Ano Novo.
Se você tiver interesse, acesse o link a seguir: CLICA AQUI, VAI!

Depois, escrevi sobre a molécula do d-limoneno. Esse post também é um dos mais procurados aqui no blog. Acho que é por causa do comercial de TV de um famoso inseticida que usa esse princípio ativo para espantar os mosquitos. CLICA AQUI!

Um outro post que me deu muito prazer em escrever foi o da lanolina, também da categoria "molécula do dia".

Outra coisa legal é que eu aprendi a usar tão bem o posterous.com que eu resolvi experimentá-lo em minhas aulas. 
O resultado dessa experiência está no blog co-irmão http://educacaodigital.posterous.com. Vale a visita! 🙂

Apresentei um trabalho no 30o EDEQ que aconteceu na PUCRS, em Porto Alegre, justamente sobre essa experiência de usar blogs para ensinar química. (Vou colocar um link para a página dos trabalhos no final desse post.) 

A experiência foi tão gratificante que eu pretendo repetir no semestre que vem na mesma disciplina.

Eu poderia ficar citando outros posts que me deram alegrias, mas a coisa ia ficar cansativa demais.

Para comemorar esse ano de 2010 eu quero deixar para vocês dois vídeos. Eles mostram uma máquina sensacional que ajuda a servir a cerveja sem derramar e com a quantidade certa de colarinho. O princípio de funcionamento é explicado no segundo vídeo, e é bem legal. O copo usado tem um ímã na parte inferior do copo, quando ele é encaixado na máquina, esse ímã cede e deixa o líquido entrar. Quando o copo é retirado da máquina, o ímã fecha o fundo do copo e nenhum líquido vaza. 

Espero que continuem a visitar esse humilde site, eu prometo que estarei aqui no ano de 2011 e nos vindouros também. Prometo que o blog vai ser diferente a cada ano, mas sempre para melhor.

Ao ano que fica, um adeus. Ao ano que entra, um seja bem-vindo. E aos leitores do meu blog, meu desejo de que tentem sempre ser pessoas melhores, transmutem-se, mudem, alterem-se, façam como as substâncias químicas que estão constantemente buscando o equilíbrio. E lembrem-se que equilíbrio químico não é ficar paradinho que nem água de poço, mas estar mudando constantemente dando a impressão de que tudo está no mesmo lugar.

Anúncios