Segundo o pai dos burros digital, os nanoputianos são:

 

 

Nanoputianos são uma série de moléculas cuja fórmula estrutural lembra seres humanos. James Tour e colaoradores (Universidade de Rice) desenvolveram e sintetizaram esses compostos em 2003 como parte de uma disciplina de educação química para jovens estudantes. Os compostos consistem de dois anéis benzênicos conectados via alguns poucos átomos de carbono (que fazem o papel de corpo), quatro unidades de acetileno carregando um grupamento alquila nas extremidades (fazendo o papel de mãos e pernas), e um anel 1,3-dioxolano como cabeça.

Existem vários nanoputianos já sintetizados: nanoatleta, nanoperegrino, etc. Colocando-se um grupo tiol nas pernas do nanoputiano é possível fixá-los em superfícies de ouro.

O nome deriva de “nano” (em escala de 10^-9m) e liliputiano (os habitantes minúsculos da ilha de Lilliput, do livro de Jonathan Swift “As viagens de Gulliver“).

A seguir, alguns exemplos de nanoputianos para vocês se divertirem:

 

 

 Nano

Nanokid (nanogaroto)

 

 

 

Nanobailarino

 

Casal nanoputiano

Um polímero nanoputiano

Nanobuda

Tem mais informações aqui, aqui e aqui.

Anúncios