NOME : N,N-DimetIltrIptamina
NOME QUÍMICO : N,N-DimetIl-1H-indolo-3-etanamina
NOMES QUÍMICOS ALTERNATIVOS : 3-[2-(dimetilamino)etil]indol, DMT
FÓRMULA QUÍMICA C12H16N2
MASSA MOLAR 188.27
PONTO DE FUSÃO 44.6-46.8°C (116°F) (cristais)
PONTO DE EBULIÇÃO 60-80°C (cristais)

Ocorre naturalmente nas plantas com propriedades alucinógenas. É isolada das folhas da prestonia amazonica 

Quimicamente, a molécula da N,N-DMT é um produto químico psicoativo da família da triptamina, a qual causa intensos efeitos psicodélicos mentais e visuais quando fumada, injetada, inalada, ou quando tomada em conjunto com outras drogas.

A N,N-DMT é chamada apenas de “DMT”, apesar desse nome causar confusão com a 5-MeO-DMT.

Ela está presente em milhares de espécies de plantas e tem sido usada tradicionalmente na América do Sul em bebidas à base de Ayahuasca desde antes da chegada dos europeus por essas terras (há relatos de uso datados do século VIII d.C).

Ela vem ganhando publicidade na mídia devido aos fortes efeitos alucinógenos que a ela são atribuídos.

O isolamento químico aconteceu por volta de 1950. Os consumidores dessa droga dizem que “a sensação de ter sido capturado por um raio” acompanha o uso dela. Ainda mais, dizem  “é como se o mundo tivesse sido substituído instantaneamente, como se um mundo alienígena tivesse surgido no lugar deste”.

Relatos médicos dão conta de que a experiência com a DMT é de curta duração, mas incrivelmente intensa. Há relatos de usuários que dizem ter sido capturados por alienígenas ou que visitaram outros mundos. Alguns mudam profundamente suas perspectivas ontológicas, na percepção das coisas e até mesmo de identidade.

Eu penso que nenhuma dessas drogas que andam por aí devam ser experimentadas, nem mesmo com fins terapêuticos. Devido à intensidade dos efeitos da DMT, sugiro ainda menos o seu consumo. Deixem isso para a ciência estudar, não saiam por aí querendo “viajar” na DMT, as consequências podem ser muito graves. 🙂

Em geral, de 10-60 segundos após a inalação a pessoa já está sob efeito intenso da droga. a duração da viagem vai de 5-20 minutos. Alguns usuários reportaram uma duração de até duas horas. Normalmente, o usuário da droga acha difícil de se recompôr do efeito da droga por até um dia após a inalação.

A inalação pode causar forte irritação da traqueia e dos pulmões. O uso prolongado pode levar ao desenvolvimento de ansiedade, dificuldades de concentração, preocupação com a experiência vivida, dificuldade para dormir, etc.

O uso dessa dorga pode ser potencializado se a pessoa ingere outros medicamentos em associação, como anti-depressivos, por exemplo.

Eu ia escrever muito mais sobre essa dorga, mas acho que com o que eu recolhi de informações aqui nesse post vocês já puderam ter uma boa ideia do quanto essa substância ilícita pode ser danosa ao organismo.

O que eu quero não é fazer apologia ao consumo desse narcótico e sim alertar o pessoal que acha que só porque a droga dá um “barato” ela é legal, ou que consumir uma droga que não está na mídia (e essa está, pois fiquei sabendo dela por um programa de televisão) faz com que a pessoa seja “cool” ou descolada.

Essa substâncias são perigosas e podem destruir vidas, se você que caiu aqui no blog atrás desse texto está pensando em consumi-la, peço encarecidamente que pense um milhão de vezes antes de acender um cachimbo (ou seja lá o que for que se use para fumar essa porqueira).

Tá, e podem me chamar de careta ou de velho, mas eu não fumo nem cigarro normal por saber que tem muita substância química nociva ali na folha de fumo.

EDIT: Esta não é a molécula do crack, é um alucinógeno que está tomando conta do mercado e é extremamente poderoso. Escrevi sobre ele para alertar e não para estimular o consumo!
Anúncios